Turbah

Turbah (ou mohr, em persa) é um pequeno bloco de terra, argila ou barro, onde os crentes apoiam a testa durante as prostrações (sujud) aquando das orações diárias (salat). Masjed-e Jameh (Mesquita Jameh) É usado pelos muçulmanos xiitas porque, segundo a jurisprudência Jaʿfari (fiqh) “a prostração deve ser feita sobre terra pura ou o que... Continue Reading →

Bandari

As pessoas da província Hormusgão na costa do Golfo Pérsico, no Sul do Irão, são conhecidas por Bandari (bandar, em persa, significa porto). Desde 2000 a.C que esta região é um entreposto comercial, resultando numa mistura de etnias e culturas, incluindo africanos, persas, árabes e indianos, dos quais os Bandari descendem. As mulheres Bandari usam... Continue Reading →

Zurkhaneh

Zurkhaneh, literalmente “casa da força”, é um ginásio tradicional onde a varzesh-e bastani é praticada. O treino incorpora diferentes componentes dos valores morais, éticos, filosóficos e místicos da civilização iraniana, como a riqueza espiritual do sufismo, os rituais tradicionais do mitraísmo e o heroísmo nacionalista. É um misto de desporto, teatro e religião. Quando os... Continue Reading →

RETRATOS DO IRÃO

Os iranianos são um povo surpreendente. São encantadores e afáveis. Em vez de serem hostis para com os estrangeiros são acolhedores e infinitamente curiosos. A visão ocidental que temos deles não podia estar mais distante da realidade. Sr. Seyed, em Kashan Aldeia de Abyaneh Duas senhoras em Abyaneh, com os seus tradicionais lenços estampados Estudante... Continue Reading →

PEDRAS MANI (MANI STONES)

As pedras mani são pedras com inscrições, normalmente das seis sílabas do mantra Avalokiteshvara “Om mani padme hum” (daí o nome “mani”), e são uma forma de oração do budismo tibetano. O termo também é usado para referir pedras com outros mantras e desenhos sagrados (como os ashtamangala, os oito símbolos auspiciosos do Budismo) esculpidos,... Continue Reading →

BANDEIRAS DE ORAÇÃO (PRAYER FLAGS)

Ponte sobre o rio Indo, estrada Lamayuru-Alchi Nas bandeiras de oração estão estampadas invocações, preces, mantras, símbolos auspiciosos e entidades budistas. Há séculos que os budistas tibetanos as colocam no exterior das casas, em lugares altos e sítios religiosos. Acreditam que promovem a paz, a compaixão, a força e a sabedoria. Elas não levam as... Continue Reading →

RETRATOS DE LADAKH

A população de Ladakh (certa de 260 000 pessoas) é uma mistura de diferentes grupos étnicos predominantemente Tibetanos, Monpas e Dards. Tal como a maioria dos Ladakhis, os Baltis de Kargil, de Nubra, do Vale de Suru e Baltistan têm uma forte ligação ao Tibete, tanto na sua aparência como linguagem. Vendedora de nésperas, mercado... Continue Reading →

PAISAGENS DE LADAKH

Situado no norte da Índia (no estado de Jammu e Caxemira) entre o Paquistão e o Tibete, Ladakh, “a terra das passagens altas”, estende-se entre a cordilheira de Karakorum a norte e a cordilheira dos Himalaias a sul. Leh, capital de Ladakh. Ao fundo, as montanhas de Stok-Kangri Estrada de Leh para Kardung La (5359... Continue Reading →

Create a free website or blog at WordPress.com.

EM CIMA ↑

%d bloggers like this: